Bilhete à poeta desolado

Leia ao som de "Trajetória" por Maria Rita

"Depois de ouvir um comentário teu ontem , de certa forma eu sabia que isso aconteceria. Quando eu disse que te faria me amar eu não brinquei, pois sei como sou e sei que sempre conquisto o melhor das pessoas. Porém, eu compreendo, entendo e respeito sua decisão, pois não tenho o direito de brincar com as pessoas nem tão pouco com o que elas tem de melhor, que são seus sentimentos. A consequência disso tudo é que em três dias com sua companhia, hoje eu senti frio, senti tua falta.
Eu já disse que és um rapaz fantástico, seguro e extremamente determinado em todos os campos de sua vida(pessoal, sentimental e profissional) e isso terá reflexo no seu futuro que será brilhante. Um dia eu ainda irei ouvir falar de você e espero encontrá-lo bem com alguém que o mereça de corpo e alma.
Uma vez você me disse que ele tem sorte de me ter.
Pode até ser que ele tenha sorte em me ter, mas a verdadeira sorte foi eu ter te conhecido.
Um grande último beijo,

Sua doce menina do campo"

12 comentários:

  Flávio Furtado de Farias

14 de abril de 2011 00:01

Por que é mais fácil desejar a sorte do que tentar ofertá-la?

  Medeiros Alencar

14 de abril de 2011 11:42

Meu caro Flávio.
Em alguns momentos, a sorte é apenas desejável. Em outros momentos ela se torna impossível de ser ofertada.

  Alex Renan

14 de abril de 2011 23:04

muito massa seu blog fera ;D

  Mari Fagundes

14 de abril de 2011 23:09

Falar de sentimento é algo difícil, lidar com ele é ainda mais. É uma moeda com vários lados, o dos que amam, o dos que são amados, os que não saber amar...
Espero que você encontre alguém que não sinta apenas frio e sua falta, mas que lhe dê o que ela não pôde dar.
Sucesso!

  Gabriel Pires

14 de abril de 2011 23:18

Caramba, você escreve muito bem, e o que a Mari disse é realmente o que o autor tem que lidar. Não é fácil escrever de sentimentos, e você consegue agradar a todos os lados da "moeda".
Ótimo blog, parabéns
Abraços,
Depois dê uma olhada, comente e siga meu blog:
www.cotidianoduplex.blogspot.com

  Leandro

15 de abril de 2011 13:52

Seu blog é massa !!!


http://parapapenssar.blogspot.com/

  the company of rock

15 de abril de 2011 13:55

nossa q texto legal!
Achei fera seu blog!

Estou seguindo vc.
Pode me segui??

www.slayerbrasil.blogspot.com

  Fábio Sanches

15 de abril de 2011 13:59

Muito bom o blog, texto inteligentíssimo, parabéns pelo blog, designer show

  Fábio Sanches

15 de abril de 2011 21:57

Já disse em um post anterior que esse blog é show, mais cada vez mais que passo por aqui, confirmo como Medeiros é incrivel e mostra cada vez mais para todos nós, as coisas boas da vida, em textos. Texto show de bola, vale muito a pena vir aqui, e refletir

  ideias-exdrúxulas

15 de abril de 2011 21:59

legal e romântico
mas isso foi real ou é apenas uma invenção de uma utopia de um romantismo romântico? Bom... se for real mesmo, que admiração...

  100%

15 de abril de 2011 22:12

doce encanto..

http://paradigmasuniversal.blogspot.com/

  100%

15 de abril de 2011 22:12

doce encanto..

http://paradigmasuniversal.blogspot.com/