Tempestade de Fogo

Leia ao som de "Animal" por Mula Manca & e a Figura Fabulosa


Então agora eu vou ser sincero,
puramente: também me sinto esquecido. 

Também estou desmoronando.
Aceitei o convite, aceitei dançar com fogo, mas agora as coisas queimam. 

E as coisas não queimam só pra mim.
Queimam pra todos, pra qualquer um que tenha a sensibilidade do risco.
Ninguém se arrepende, as coisas queimam por serem belas.
Isto simplesmente é pra quem arde e vive com o
barulho das brasas

1 comentários:

  Anônimo

1 de julho de 2012 01:26

Incrível *-*